IMPACTO DA INTERVENÇÃO DE INFECTOLOGISTAS SOBRE O USO DE ANTIMICROBIANOS EM UNIDADES DE TERAPIA INTENSIVA

Ravena Melo Ribeiro da Silva, Ana Cláudia Brito Câmara, Ellen Karla Chaves Vieira Koga, Iza Maria Fraga Lobo, Wellington Barros da Silva

Resumo


Justificativa e Objetivos: Os antimicrobianos estão entre os medicamentos mais prescritos nas UTIs, sendo aproximadamente 10 vezes maior do que nas demais enfermarias. Mesmo assim, observa-se que entre 30 a 60% das prescrições de antimicrobianos nessas unidades são desnecessárias ou inadequadas. Diante do exposto, este estudo teve como objetivo avaliar o impacto de intervenções realizadas por infectologistas, nas prescrições médicas com antimicrobianos, por meio dos indicadores DOT e LOT, em duas unidades de terapia intensiva, em um hospital terciário localizado do nordeste do Brasil. Materiais e Métodos: Trata-se de um estudo observacional, analítico e prospectivo realizado em duas unidades de terapia intensiva para adultos. O período do estudo foi dividido em pré-intervenção (janeiro a junho de 2019) e pós-intervenção (julho a dezembro de 2019). Resultados: No geral, no período pré e pós-intervenção, 91,4% e 90,0%, respectivamente, dos pacientes receberam pelo menos um antimicrobiano. No geral, houve uma redução significativa na duração da terapia. As classes de antimicrobianos mais frequentemente prescritos e os maiores tempos de terapia foram observados para carbapenêmicos, seguidos por glicopeptídeos, com reduções significativas no tempo de exposição de glicopeptídeos e polimixina B, e aumentos significativos para penicilinas e tigeciclina. Discussão: Em geral, a intervenção de infectologistas sobre o uso de antimicrobianos em unidades de terapia intensiva teve impacto limitado nos resultados avaliados. É importante monitorar o impacto dessas mudanças no longo prazo, traçando uma avaliação mais precisa da eficácia de uma intervenção, com a implementação de feedback ativo.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Licença Creative Commons

This work is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial 3.0 Brasil License

Disponibilidade para depósito: permite o depósito das versões pré-print e pós-print de um artigo