Antibióticos x Terceiros Molares Inclusos Não Infectados: você está contribuindo para a resistência?

Carlos Augusto das Neves, Carlos Henrique Alves, Natália Conceição Rocha, Karolyne Larissa Russi, Karina Ferreira Rizzardi, Thais Manzano Parisotto, Raquel Girardello

Resumo


Resumo

Introdução: Resistência aos antibióticos é um grande problema em todo o mundo, comprometendo a nossa capacidade em controlar infecções. Dentistas são responsáveis por significativas taxas de prescrição de antibióticos.

Desenvolvimento: Os protocolos utilizados por dentistas ainda são controversos na literatura e na prática clínica. Não existe consenso na literatura quanto à necessidade de uso de antibióticos em cirurgias de terceiros molares inclusos, em pacientes sem infecção prévia. Devido à resistência aos antibióticos, o estabelecimento de protocolos seguros e baseados em informações clínico-científicas são extremamente importantes.

Conclusão: Neste artigo foi realizada uma revisão de literatura sobre o uso profilático de antibióticos em pacientes sem processo infeccioso, durante a remoção de terceiros molares inclusos e a possibilidade de levar a seleção de cepas resistentes a partir da disbiose causada na microbiota bucal.

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Licença Creative Commons

This work is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial 3.0 Brasil License

Disponibilidade para depósito: permite o depósito das versões pré-print e pós-print de um artigo