MICROBIOLOGIA MÉDICA APLICADA ÀS INFECÇÕES RELACIONADAS À ASSISTÊNCIA À SAÚDE: RELATO DE EXPERIÊNCIA

Helena Cardoso Bernardes, Dhara Rodrigues Cavalcante, Bruna Fernandes da Silva, Isabela Morais Borges, Mariana Bodini Angeloni

Resumo


Justificativa e objetivos: Infecções relacionadas à assistência à saúde (IRAS) estão associadas a uma significativa taxa de mortalidade, resistência microbiana e dispêndio econômico. Mãos e fômites são as principais vias de transmissão de patógenos. Entre os fômites, aparelhos celulares utilizados por profissionais de saúde, pacientes e seus acompanhantes, contribuem para o maior risco de contaminação. Dessa forma, o objetivo deste estudo foi analisar a presença de bactérias e fungos nas mãos e no aparelho celular de uma estudante do curso de medicina da Universidade Federal de Jataí e alertar sobre a importância de comportamentos preventivos quanto ao uso de aparelhos celulares no âmbito da saúde. Descrição do caso: O experimento realizado em uma aula de microbiologia do curso de medicina, utilizou swabs esterilizados embebidos em solução salina para a coleta de material da superfície de uma mão suja, dessa higienizada com água e álcool em gel e de um aparelho celular, o material foi depositado em uma placa de Petri com meio ágar nutriente e colocado em repouso por 7 dias. Ao fim do período as placas foram analisadas quanto ao crescimento de fungos e bactérias. Tais patógenos em indivíduos hospitalizados podem provocar danos graves e de difícil controle. Conclusões: A detecção de bactérias como Staphylococcus aureus e Staphylococcus epidermidis, durante o estudo, indicam o quanto o manuseio indiscriminado de celulares em ambientes de saúde e a má higienização das mãos dos profissionais submetem os pacientes à patologias possíveis de serem evitadas com assepsia adequada e uso conveniente dos celulares.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Licença Creative Commons

This work is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial 3.0 Brasil License

Disponibilidade para depósito: permite o depósito das versões pré-print e pós-print de um artigo