Enfermagem na gestão de instrumentais cirúrgicos: relato de experiência

Andre Luiz Alvim, Cristine Jesus da Costa Ferreira

Resumo


Objetivo: Relatar experiência sobre o papel exercido pela equipe de enfermagem em relação a gestão de instrumentais cirúrgicos no centro cirúrgico de um hospital público da região metropolitana de Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil. Metodologia: Estudo descritivo, do tipo relato de experiência, que descreve a rotina vivenciada por uma enfermeira plantonista, com carga horária de 24 horas semanais. Resultados: A equipe de enfermagem do centro cirúrgico tem papel complementar no que diz respeito à manutenção e a garantia da segurança no uso dos produtos para saúde reprocessáveis. Suas responsabilidades são evidenciadas desde a recepção dos materiais até sua pré-limpeza e devolução ao CME. Conclusão: Mediante a imprescindibilidade da atuação da equipe de enfermagem do centro cirúrgico na garantia da boa qualidade e segurança dos produtos para saúde reprocessáveis utilizados, cabe ao CME e à gerência do centro cirúrgico conscientizar e treinar os profissionais para que as ações sejam adequações à luz das evidências e recomendações atuais.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Licença Creative Commons

This work is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial 3.0 Brasil License

Disponibilidade para depósito: permite o depósito das versões pré-print e pós-print de um artigo