Prevalência de infecções causadas por Salmonella sp. no Brasil no período de 2013 a 2017

FRANCIELE, MARIANA CAETANO, PAGANO

Resumo


As infecções causadas por bactérias do gênero Salmonella são reconhecidas mundialmente como uma das principais causas de doenças transmitidas por alimentos (DTAs). Surtos de DTAs causados por Salmonella sp. estão geralmente relacionados ao consumo de alimentos de origem animal como ovos, aves, carnes e produtos lácteos. Existem três formas da doença causada por Salmonella: febre tifoide, (Salmonella Typhi), as febres entéricas (Salmonella Paratyphi A, B e C) e as enterocolites causadas pelas demais salmonelas. A salmonelose é atualmente um sério problema de Saúde Pública em países desenvolvidos e em desenvolvimento, caracterizando-se como importante problema socioeconômico. Considerando os riscos que esse importante patógeno representa, o objetivo deste trabalho foi determinar a prevalência de infecções causadas por Salmonella sp. no Brasil no período de 2013 a 2017. O estudo foi conduzido através de pesquisa de artigos científicos nas bases de dados Scielo, PubMed e relatórios publicados pelo Ministério da Saúde e Sistema de Informação de Agravos de Notificação (SINAN). Foram notificados 123 surtos de DTA, sendo as regiões Sul, Nordeste e Sudeste do Brasil com os números mais elevados de surtos, ocasionados em residências, eventos, restaurantes, instituições e outros locais. O principal veículo causador dos surtos foram alimentos como ovos e produtos à base de ovos. A notificação e o mapeamento das DTA’s fornecem registros epidemiológicos, sendo fonte importante de informações que servem de aporte para órgãos competentes de fiscalização, para tomar ou modificar medidas políticas, legislativas, priorização de áreas de pesquisa, avaliação de programas de controle de surtos epidêmicos.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Licença Creative Commons

This work is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial 3.0 Brasil License

Disponibilidade para depósito: permite o depósito das versões pré-print e pós-print de um artigo